1 – A atriz e cantora Zezé Motta que o receberá este ano emocionou o público presente nos eventos de divulgação do Troféu Raça Negra cantando à capela, a música ‘Minha Missão’ do sambista João Nogueira e com razão, pois esse samba é um verdadeiro hino de amor à liberdade e à esperança que traz versos como estes Canto para anunciar o dia/Canto para amenizar a noite/Canto pra denunciar o açoite/Canto também contra a tirania/Canto porque numa melodia/Acendo no coração do povo/A esperança de um mundo novo/E a luta para se viver em paz!

2 – O Troféu Raça Negra foi criado no ano 2000 durante a celebração dos 500 anos do descobrimento do Brasil e, até o momento, já premiou figuras negras ilustres que atuam tanto no campo das artes, como atores e cantores, como também escritores e pessoas que atuam politicamente.

 

 

3 – Em 2008, um ano antes de ser empossado como presidente dos Estados Unidos, Barack Obama foi homenageado pelos organizadores do Troféu Raça Negra que entregaram ao Consulado dos Estados Unidos em São Paulo, uma placa comemorativa.

 

 

4 – Em 2009 o cantor norte-americano Michael Jackson, mundialmente famoso e conhecido como ‘rei’ da música POP, recebeu uma homenagem grandiosa do Troféu Raça Negra na noite de 15 de novembro. Naquela noite cantores como Vanessa Jackson, Ed Motta e Seu Jorge relembraram vários sucessos inesquecíveis do ícone pop.

 

 

5- O cantor Jair Rodrigues, homenageado em 2011, teve a alegria de ver seus filhos Jair Oliveira e Luciana Mello cantarem suas músicas. Aliás, ele ficou tão feliz que até plantou bananeira (isso mesmo) no palco!

 

 

6– Em 2012 foi feita uma retrospectiva do Troféu Raça Negra, pois, se comemoravam os 10 anos de realização do evento e, por isso, o homenageado foi o líder do movimento civil pelos direitos dos negros nos EUA, Martin Luther King Jr., uma figura mais que ilustre que, com sua luta pelos direitos dos negros, conseguiu difundir mundialmente, preceitos como o direito que todo ser humano tem de realizar sonhos, independentemente da cor de sua pele.

 

7. No ano de 2013 o Troféu Raça Negra recebeu as ilustres visitas de várias autoridades da África, Guiné e Angola, além de intelectuais de Moçambique e Cabo Verde. Também esteve presente o histórico ativista pelos direitos civis dos afrodescendentes e ex-senador americano, Jesse Jackson, além de uma delegação de educadores dos Estados Unidos.

 

 

8 – Hoje o Troféu Raça Negra já é reconhecido internacionalmente e foi integrado ao calendário oficial da cidade de São Paulo. O Troféu também é visto como o maior evento da negritude no Brasil e ficou conhecido como o “Oscar” da comunidade negra.

 

 

9 – As premiações do Troféu Raça Negra acontecem na Sala São Paulo, um dos espaços mais luxuosos da capital paulista, por isso, a menção ao fato de que o Troféu se parece com o ‘Oscar’ é procedente. A exemplo da maior premiação que é dada aos atores e atrizes do cinema mundial, o Troféu Raça Negra ocorre em noites de muito glamour, beleza e intensas emoções.

 

 

10 – Durante a coletiva de imprensa ocorrida em São Paulo, o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, fez questão de lembrar que a criação de um troféu que celebrasse a vida e as conquistas de pessoas negras que brilham em suas áreas de atuação, não foi fácil, mas a persistência e a consciência de saber que seria uma grande conquista para todos (e não só para os negros) o levaram a seguir adiante com esta ideia que avançou, se fortaleceu e permitiu a concretização deste sonho.